enescapt
Barcelona
Barcelona
Portugal
Madrid
(+34) 937 861 454 Mon - Fri 09:00 - 17:00 Carrer Major, 40 - 08221 Terrassa (Barcelona)
+351 969 168 879 Mon - Fri 09:00 - 17:00
(+34) 912 846 945 Mon - Fri 09:00 - 17:00 Avda. de la Fuente Nueva, 12A - 28703 San Sebastián de los Reyes (Madrid)

Sistemas de redes de terra

Sistemas de Puesta a Tierra

Sistemas de redes de terra

Os sistemas de redes de terra são de grande importância para garantir a segurança do pessoal, dos equipamentos, instalações e activos das empresas.

Na Procainsa estamos especializados na implementação de sistemas de redes de terra de altas prestações, sobretudo em terrenos de alta resistividade (zonas rochosas, montanhosas, túneis, etc) e em condições de alta corrosividade (níveis freáticos salobros, água de mar, etc).

Desenvolvemos a engenharia e estudos prévios (incluindo medições de resistividade) para implementar soluções específicas de sistemas de redes de terra de baixa resistência óhmica.

A nossa empresa, vinculada ao sector das protecções eléctricas, considerou oportuno desenvolver alguns tipos de eléctrodos que permitem melhorar substancialmente os sistemas convencionais de ligação à terra.

Placas-Estrela, Varões ou Similares

As ligações à terra mediante placas-estrela, varões ou similares, instalam-se em dispositivos assentes na abertura de um poço ou vala de 2 a 3 m³ e preenchida por terra vegetal e outros aditivos para diminuir a resistividade do terreno (tratamento Ledoux).

Os valores de resistência eléctrica do sistema de redes de terra obtidos nestas instalações podem considerar-se como aceitáveis para terrenos de alta resistividade. Devido à falta de compactação do solo, estes valores tendem a melhorar com o tempo após a sua instalação, mantendo-se estáveis durante um prazo que oscila entre 5 e 10 anos.

Lanças ou Estacas Convencionais Fe/Cu - Fe Galvanizado

As estacas ou lanças constituem o sistema mais utilizado de ligações à terra devido à sua fácil instalação. Considerando que a introdução destes elementos se realiza por cravação, os valores de resistência da ligação à terra são obtidos de forma imediata, e são melhores que os de sistema de placa. Não obstante, estes valores devem entender-se como exclusivamente circunstanciais, já que por efeito da corrosão sobre o aço, a velocidade de perda da resistência inicial é muito rápida, e mais ainda quando a qualidade dos revestimentos de cobre ou zinco se reduzem ou se deterioram durante o processo de cravação.

Eléctrodo de Grafite Rígido

A enformação do eléctrodo de grafite rígido, em forma de ânodo, preenchido com um activador-condutor para melhorar o contacto com o terreno, faz com que este sistema de ligação à terra, seja de alta fiabilidade. Ao tratar-se de um eléctrodo constituído inteiramente por grafite, não é afectado seriamente pela corrosão, ao contrário do que ocorre com os metais.

Relativamente aos valores de resistência remota em redes de terra em solos de diferentes resistividades, o seu comportamento é muito similar, ou inclusivamente melhor, ao das placas estrela, e muito melhor que as lanças convencionais. Paralelamente, a evolução destes valores com o passar do tempo é excelente dada a sua baixa velocidade de desgaste por corrosão e, portanto, a sua vida útil é, em princípio, ilimitada em comparação com os sistemas tradicionais. Assim, a própria natureza do eléctrodo, as suas dimensões e o activador-conductor envolvente, fazem com que não necessite nenhuma manutenção (regado ou mineralizado) e que é tão frequente nos restantes sistemas.

Por todas estas características, o eléctrodo de grafite rígido é o ideal para redes de terra superficiais e profundas, já que garantem a sua larga durabilidade e um rendimento mais que aceitável.

Estacas de Zinco

As estacas de Zinco constituem uma solução ideal para a protecção catódica contra a corrosão dos sistemas de redes de terra, quando estes são constituídos por condutores de aço galvanizado. Além disso, previnem os pares galvânicos tão frequentes em sistemas de ligação à terra de estruturas de aço (tanques enterrados, ou bases de tanques aéreos) face a condutores de cobre nú. As recentes normas MIE-ITC-01 e MIE-ITC-02 obrigam à instalação de redes de terra com condutor de aço galvanizado (ou cobre isolado) e estacas de Zinco em refinarias e parques de tanques de armazenamento de combustíveis. Estas considerações técnicas são extensíveis a instalações como gasolineiras (MIE-ITC-04), instalações químicas, etc.

As principais características destas estacas são;

• Bom rendimento pela sua baixa resistência eléctrica
• Grande superfície de dispersão e bom contacto com o terreno já que se apresentam em sacos preenchidos com activador-condutor com base bentonítica
• Fácil manipulação e fácil instalação por qualquer utilizador
• Possibilidade de determinar o seu estado de degradação sem desenterrá-las

Eléctrodos de Picrón

Os eléctrodos de PICRÓN foram projectados para sistemas de redes de terra de altas prestações, especialmente para ligações à terra profundas ou semi-profundas, em terrenos pantanosos, com níveis freáticos altos (zonas deltaicas) e inclusivamente em águas muito agressivas (ambientes marinos ou directamente na água de mar), para instalações eléctricas de alta e baixa tensão, pára-raios, e equipamentos informáticos ou de robótica.

Os eléctrodos de PICRÓN podem considerar-se o sistema de ligação à terra de maior garantia e estabilidade do mercado.

As suas principais características são:

• Duração ilimitada (vida >30 anos), devido à sua mínima degradação por corrosão
• Podem utilizar-se sob a forma de eléctrodos únicos ou eléctrodos em cadeia, para instalação em perfurações verticais, desde diâmetros de 160 x 3000 mm, ou também podem instalar-se directamente depositados sobre sedimentos marinos.

Nenhuma manutenção é necessária, pois não requerem regas periódicas para estabelecer a sua condutividade

Redes de Terra em Edificações

Para evitar os problemas de corrosividade derivados dos pares galvânicos Cu-Fe entre ligações à terra convencionais de cobre nú e o aço das malhas metálicas, a Procainsa desenvolveu sistemas combinados de ligações à terra com eléctrodos de Picrón e cabo nú de aço galvanizado.

Em grandes edificações, normalmente com plantas a cotas muito abaixo da superfície do terreno, e já dentro de níveis freáticos, é muito difícil construir ligações à terra convencionais de forma perimetral. A solução apresentada pela Procainsa consiste na distribuição de eléctrodos de Picrón por baixo da placa (ferragens, pára-raios, ascensores, etc), conectados ao cabo de aço galvanizado que se instala pelo interior da placa antes de colocar o betão. O neutro liga-se a um eléctrodo de Picrón dedicado, conectado directamente mediante um cabo isolado.

Electrodos de Picrón
Sistemas de Puesta a Tierra

Produtos e Serviços

Protección Catódica -Procainsa

A protecção catódica é um método activo contra a corrosão de uma estrutura metálica enterrada ou submersa.

Gestión de la Integridad

Principal ferramenta para o conhecimento do estado da integridade da tubagem. Somos especialistas em técnicas de inspecção de tubagens enterradas.

Inspecciones

A Procainsa combina experiência em operação e inspecções em campo, assim como na gestão de dados para garantir um funcionamento seguro das tubagens.

Sistemas de Puesta a Tierra

Ligações à terra mediante placas-estrela, lanças-eléctrodos, fazem que estes sistemas de redes de terra sejam de alta fiabilidade.

Rayo

A forma mais segura, até à data, de protecção contra o impacto directo do raio, consiste na sua captação, derivação e dissipação à terra.

Formación

Todos os nossos cursos têm como princípio “Aprender fazendo”, tendo una alta componente prática nas instalações do cliente.